Psoríase e seus sintomas

 Psoríase e seus sintomas

Conheça os sinais de atenção e fatores de risco

Na atualidade, a psoríase é uma enfermidade que afeta entre 1% e 3% da população a nível mundial. Isso quer dizer que cerca de 125 milhões de pessoas no planeta, sendo cinco milhões somente no território nacional, lidam com a psoríase e os seus sintomas diariamente.

Além disso, esse é um problema crônico, inflamatório e que impacta de maneira similar homens e mulheres. E, ainda, existem diversos tipos dessa enfermidade que ainda não conta com uma cura conhecida.

Psoríase e seus sintomas

Geralmente, essa doença se caracteriza por machucados na pele como manchas vermelhas, grossas, descamadas e em qualquer área do corpo. A variante mais comum da psoríase é em placa, que atinge até 90% dos pacientes.

A psoríase em placa se diferencia pelo aparecimento de ferimentos majoritariamente nos cotovelos, nos joelhos e no couro cabeludo. Com o passar do tempo, essas lesões podem variar de formato, dimensão e até lugar no corpo.

Em situações raras, esse tipo pode se transformar na psoríase eritrodérmica e desencadear efeitos em toda a pele. Afinal, essa doença também pode surgir em lugares com dobrinhas na psoríase invertida, nas palmas das palmas e solas dos pés (psoríase palmoplantar), ou se manifestar com bolhas com pus (psoríase pustulosa).

O detrimento da saúde das unhas também faz parte da lista da psoríase e os seus sintomas. Já que esse comprometimento pode desencadear o enfraquecimento, a queda e a deformação das unhas. Deste modo, a psoríase pode surgir em qualquer momento da vida do paciente. No entanto, os períodos mais comuns são antes dos 30 anos ou depois dos 50 anos de idade.

O trauma físico também faz parte da psoríase e os seus sintomas. Uma vez que é o aparecimento de manchas características da enfermidade em locais afetados por traumas. Tais como tatuagens e queimaduras. Também já se comprovou que a luz solar pode melhorar essas manchas, mas a exposição excessiva pode agravar o quadro.

Nos dias de hoje, os médicos já sabem que a psoríase não fica restrita somente a pele. Cerca de 30% dos pacientes tendem a sofrer com comprometimento de suas articulações. Por isso, é de vital importância reconhecer esses sinais precocemente para começar o tratamento apropriado.

Fatores de risco relacionados a psoríase

Componente genético

Além de conhecer a psoríase e os seus sintomas, é essencial também compreender os seus agravantes. Sendo assim, a variação que aparece de forma mais antecipada conta com elemento genético. Ou seja, o histórico familiar pode ampliar as suas chances de desenvolver a doença.

O motivo de surgimento da doença ainda não foi devidamente comprovado. Apesar disso, a psoríase é multifatorial. Isso quer dizer que diversas questões são necessárias para a manifestação desse problema.

A ciência já provou que a genética está significativamente relacionada. Em torno de um terço dos pacientes tem familiares com enfermidade. Portanto, os filhos de pais com a doença contam com mais chance de desencadeá-la.

Por isso, já se sabe que há uma predisposição genética para o seu surgimento. Nos indivíduos predispostos, inúmeros elementos agravantes são necessários para haja a manifestação da doença.  

Estresse

A alta carga de estresse nunca vai trazer benefício para o dia a dia da pessoa. Entretanto, esse é um quesito muito relevante e, por causa disso, a psoríase pode até ser confundida com um problema exclusivamente de origem emocional ou psicológico. O que não é verdadeiro, uma vez que o estresse atua como um dos gatilhos para a psoríase.

Portanto, a diminuição da ansiedade é essencial pra que o tratamento consiga o resultado esperado e a doença seja mantida sob controle. Além disso, o conhecimento, as experiências com outros pacientes e a superação de preconceitos são ações que auxiliam a melhor convivência com essa enfermidade. Reduzindo, portanto, o estresse gerado pela psoríase e os seus sintomas.

Bebidas alcoólicas e cigarro

De fato, os vícios não fazem bem para ninguém. Sendo assim, as pessoas que ingerem bebidas alcoólicas excessivamente ou que fumam com freqüência possuem maior probabilidade ao aparecimento desse problema de saúde.

Em contrapartida, a eliminação desses costumes nocivos implica na redução desse risco, bem como na melhora da qualidade de vida daqueles que já são pacientes.

Vida com a psoríase e os seus sintomas

O ideal é que os pacientes recebam tratamento imediato. Impedindo, desse modo, o comprometimento da situação clínica e a recuperação da qualidade de vida do indivíduo. Com os tratamentos acessíveis nos dias de hoje, dá para se levar uma rotina praticamente normal e evitar complicações no caso.

Afinal, o paciente pode e deve se relacionar normalmente com as outras pessoas. Com consultas regulares e a aplicação de todas as orientações médicas, é possível controlar a psoríase e os seus sintomas e dar continuidade para os afazeres diários. Os tratamentos atuais envolvem desde cremes, fototerapia até remédios injetáveis.

A opção por uma linha médica pode mudar de acordo com diversos elementos, como a severidade do quadro, a faixa etária, o gênero, o lugar afetado pelas marcas, entre outras.

A PsoriOff desenvolveu uma loção com mais de 10 ingredientes ativos importados dos Estados Unidos e recomendados por dermatologistas, agregando em um único produto todos os componentes mais indicados por especialistas de todo o mundo para o tratamento de psoríase.

O PsoriOff não é um shampoo, pomada, remédio ou medicamento. Trata-se de uma loção sem necessidade de prescrição médica, para tratamento de Psoríase em qualquer região do corpo, de fácil aplicação e resultados visíveis com poucos dias de uso!

Conheça esta inovadora loção em: www.PsoriOff.com.br


Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Produtos

Cadastre-se em nossa newsletter

Fique por dentro de todas as novidades em seu e-mail
Endereço de email inválido, favor corrigir.
Endereço de email já cadastrado.
The security code entered was incorrect
Obrigado por se cadastrar!
Add to cart