Psoríase o que é? Saiba tudo sobre a causa e os tratamentos!

Psoríase: Psoríase o que é? Saiba tudo sobre a causa e os tratamentos! 1

Psoríase o que é? Bom, essa é uma doença com processo inflamatório, crônico e que atinge mulheres e homens no Brasil e no mundo. De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), o problema engloba entre 1% até 3% da população a nível mundial. Isso quer dizer que mais de 125 milhões de pessoas sofrem com os seus efeitos.

Além disso, a psoríase atinge mais de cinco milhões de brasileiros nos dias de hoje. Essa enfermidade se apresenta por machucados na sua pele, normalmente, como uma mancha vermelha, espessa, descamada e muito bem definida. Além disso, esse problema pode se manifestar em qualquer área do corpo do paciente.  

Há diversos modos da doença, sendo que a mais comum é a psoríase em placa. Essa variedade se sucede entre 85% dos pacientes. Os machucados podem acontecer em qualquer canto do corpo humano, sobretudo no couro do cabelo, nos joelhos e nos cotovelos. 

Conforme a Sociedade Brasileira de Dermatologia, cerca de 10% a 20% dos pacientes com psoríase podem desenvolver a artrite psoriásica. Na maioria das vezes, a enfermidade começa na pele e apenas depois de muitos anos pode desencadear em um processo inflamatório das articulações. 

Assim, a inflamação nas articulações causa muitas dores e outros problemas, como muito calor na área afetada, vermelhão e um pouco de inchaço. Essa versão da psoríase acontece com mais freqüência nas mãos e nos pés, só que ainda pode se suceder em qualquer outra área do corpo. 

Portanto, o diagnóstico precoce, o tratamento adequado e um acompanhamento clínico são indispensáveis para que o paciente possa controlar a enfermidade e suavizar os seus efeitos. 

Psoríase o que é?

Os milhões de brasileiros que convivem com essa doença ainda precisam lidar com algo ainda mais complexo que os sinais. Trata-se do preconceito presente na sociedade. Portanto, o ato de informar os demais sobre a psoríase o que é se transforma em algo indispensável para minimizar as conseqüências para os pacientes. Mas, você está ciente do que é esse problema?

De acordo com o Ministério da Saúde, a psoríase se caracteriza como um problema não contagioso e chama atenção pelas marcas vermelhadas ou rosadas. A questão do preconceito acontece quando as pessoas acabam encarando as placas e as manchas espalhadas pelo corpo. Essa conduta de terceiros pode impactar negativamente a autoestima do paciente.

Mas, vale reforçar que muita gente desenvolve essa conduta desrespeitosa sem ter ideia de que a doença não é contagiosa. Assim, muitos se mantém distante dos pacientes e fazem com que o progresso seja ainda mais lento. Por isso. a informação de qualidade é um dos melhores remédios para eliminar o preconceito e melhorar a qualidade de vida dos pacientes. 

Causa da psoríase

Ainda segundo informações disponibilizadas pelo Ministério da Saúde, a psoríase ainda tem a sua causa devidamente esclarecida tanto pela ciência quanto pela medicina. No entanto, já se sabe que o histórico familiar pode ser um dos fatores, que não é obrigatoriamente repassada aos descendentes. 

Já as partes do corpo mais atingidas pela doença tendem a ser as unhas, o peitoral, as mãos, os joelhos, os cotovelos, o couro capilar e os pés. Outro ponto se refere a presença de machucados nos dois lados do corpo humano. 

A enfermidade também acontece tanto no público masculino quanto no feminino e em qualquer faixa etária. De modo geral, os pacientes se mostram propensos a lidar com altos e baixos em decorrência de uma série de razões. Tais como: o ambiente a sua volta, a qualidade de vida, fatores emocionais, entre outros. 

Psoríase, o que é? Tratamento e o desenvolvimento da doença

A partir do conteúdo publicado pelo Ministério da Saúde, a enfermidade conta com um desenvolvimento crônico e não existe forma de evitá-la. Em contrapartida, os pacientes possuem métodos para minimizar as chances de uma reincidência. 

Isso porque o tratamento busca, especialmente, diminuir a quantidade e a seriedade dos machucados. E ainda depende muito das particularidades de cada pessoa. Ou seja, a regra clássica de que um caso é diferente do outro, bem como o acompanhamento de um médico é de vital importância para a manutenção da alta qualidade de vida no seu dia a dia.

A medicação adotada pode ser tópica (para aplicar no corpo humano) ou sistemática (quando deve ser consumida via oral). As situações mais leves e moderadas correspondem a 80% dos casos e podem ser administradas com a utilização de remédios nos lugares mais afetados, hidratação cutânea e a presença diária sob a luz solar nos horários adequados. 

É essencial pontuar que qualquer tipo de tratamento necessita ser realizado com o monitoramento e indicação médica, de maneira contínua. Em determinados casos, a ajuda psicológica também é muito útil para promover um melhor entendimento de todo o contexto da enfermidade.

A PsoriOff desenvolveu uma loção formulada nos Estados Unidos e recomendada por dermatologistas, agregando em um único produto mais de 10 componentes eficazes para reduzir o inchaço, a vermelhidão, a descamação, coceira e espressura das feridas. Além disto, irá previnir a recorrência dos sintomas da psoríase.

O PsoriOff não tem necessidade de prescrição médica e pode ser utilizada em qualquer região do corpo, de fácil aplicação e com resultados visíveis com poucos dias de uso!

Conheça esta inovadora loção em: www.PsoriOff.com.br


Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Produtos

Cadastre-se em nossa newsletter

Fique por dentro de todas as novidades em seu e-mail
Endereço de email inválido, favor corrigir.
Endereço de email já cadastrado.
The security code entered was incorrect
Obrigado por se cadastrar!
Add to cart